cinco minutos

fazernada

Acorda. Toma café. Dirige. Trabalha. Almoça. Trabalha de novo. Pensa. Muda de ideia. Não dá certo. Vai pra casa. Arruma a casa. Cozinha. Janta. Limpa. Estuda. Lê. Facebook. Vê TV. Academia. Pilates. Celular. Banho. Dorme. Acorda. Tudo de novo. Ufa. Será que não dá pra desligar um pouco? Pára. Um pouco de silêncio. Ou de música talvez. Cinco minutos. Calma. Respira. Um pouco de céu. De cor. De verão. Tá faltando isso né? Cadê nosso tempo que a gente nem vê passar? Ele não vai voltar, e tudo que a gente tem é o agora. Que tal fazer nada? Agora. Tenta. Só um pouquinho. Só hoje.  🙂

a tal da alpargata

Vocês sabem que tenho uma paixonite por sapatilhas, né? kkkk Quando as alpargatas começaram/voltaram a fazer sucesso há alguns meses atrás eu dizia que não gostava, era só modinha, e que ia continuar com as minhas flats. E continuei, mas dei uma chance pras alpargatas (ou espadrilles) e até que comecei a gostar delas, sabia? (Risos). Não, ainda não comprei ou usei, mas vi algumas produções mais casuais que ficaram lindas e me inspirei. Então, resolvi trazer pra vocês alguns dos meus looks favoritos, bora conferir?

sb-moodboard-2

1 – Com vestido/saia:
A Jules arrasa nas produções simples e básicas, né? Eu gosto bastante do efeito descolado que as alpargatas trazem ao look.

2- Com jeans e camisa branca:
O clássico, lógico. Sem contar que é fofíssima a espadrille de listras! #alokadaslistras

3 – Com short:
Esse look é da Lu Ferreira, do Chata de Galocha. Achei top a combinação das cores que ela usou, o pink caiu super bem com o turquesa.

4 – Com calça:
Mesmo com o look monocromático a alpargata deixa o look mais informal, repararam? E a oncinha? Amor <3

As alpargatas combinam com tudo: saias, shorts, calças, vestidos casuais, ou até mais formais, quando combinados com elas ficam bem interessantes, pois dá um contraste bacana no visual. Todas as imagens e mais inspirações vocês encontram no meu Pinterest. E vocês, gostam?

Beijo!

Acompanhe o simplesbela nas redes sociais 😉
Fanpage ♥ Instagram ♥ Pinterest

guia para comprar melhor

Você já teve a sensação de estar gastando muito mais do que precisa comprando roupas? Eu não sei, mas parece que compro cada vez mais, acumulo cada vez mais e acabo nem usando tudo que tenho! Muitas coisas podem ajudar a gente a comprar demais, como querer a peça do momento, achar que não temos roupa, um evento e até mesmo essa maravilha da internet, que é uma loucura! Já me peguei várias vezes indo de um lugar pra outro e acabando num site de compras vendo alguma coisa que não estou precisando.
Pra tentar ajudar nesse problema, fiz um resuminho de algumas coisas que podemos considerar antes de sair comprando loucamente:
note-1
1 – Essa peça combina comigo?
Pense bem se você não está comprando porque viu em algum lugar e está na moda, ou se realmente gosta da roupa. Tipo aquele sapato de salto lindo que você viu na vitrine mas você só usa sapatilha. Será que vale a pena gastar dinheiro nessa peça e não em outra que você vai usar mais?
2 – Invista melhor o seu dinheiro
Muitas vezes não resistimos a tentação da promoção e saímos com alguma coisa, certo? Mas ao invés de comprar uma peça de liquidação que não precisamos, melhor guardar para uma peça que pode ser até um pouco mais cara, mas vale a pena ter no armário! E mais, também me questiono quando vejo as pessoas comprando da China por preços absurdamente baratos, porque alguém deve estar pagando o preço por nós, não acham?
3 – Não se preocupe com marcas
Ainda tem muita gente que acha que marca é tudo, mas não tem nada a ver. Já vi pessoas vestidas inteiras de grife e muito mal vestidas! Não é a marca que faz a gente ser quem é, nosso estilo não depende disso!
4 – Vou querer usar por muito tempo?
Qualidade é sempre melhor que quantidade, certo? Se a peça for clássica, confortável, combinar com você, tiver um bom caimento e for de boa qualidade (tecido bom, de fácil manutenção…) você vai poder e vai querer usar por muito tempo! Não é só modinha ou empolgação, né?
5 – Posso pagar por isso?
É sempre bacana perceber se a gente pode ou não pagar alguma coisa e se não puder, não entrar em enrascada pra pagar. É melhor esperar e guardar o dindin pra investir depois!
6 – Faça uma limpeza no armário
Sempre quando compro algo novo, alguma coisa tem que sair do meu guarda-roupa (mal de apartamento! rs) Mas tente fazer esse exercício de tempos em tempos, por exemplo, a cada seis meses. Vai abrir espaço pra coisas novas entrarem, e você vai ver que realmente não precisa de tudo que tem!
7 – Preciso mesmo disso?
Também é legal nos perguntar se estamos comprando por impulso ou realmente estamos precisando. Ou ainda se já temos algo parecido no nosso guarda-roupa. Se ainda ficar em dúvida, dê um tempinho e volte depois pra ter certeza que realmente foi amor e levar a peça sem culpa! 😉
Beijo!