4 dicas para comprar roupas online + minhas lojas online favoritas

coffee-1284041_1920

Eu não sei vocês, mas eu A-MO fazer compras pela internet! É uma facilidade, você não tem que pegar o carro, sair de casa, pagar o estacionamento do shopping, enfrentar filas, estressar no trânsito, e pior, às vezes nem encontrar o que você quer… Na internet a gente acha tudo o que precisa, né, só amor <3 hahah

Mas às vezes a gente deixa de comprar uma coisa porque acha que não vai servir, fica com medo de não ficar bom… Então separei algumas dicas que funcionam bem pra mim na hora de comprar pela internet. Lógico que isso não vai te impedir de errar, mas vai te ajudar a fazer escolhas mais acertadas.
Depois que comecei a comprar online, raramente vou a alguma loja física pra comprar alguma coisa – na maioria das vezes só para presente. Em alguns casos, vou para experimentar uma peça que não tenho certeza se cairia bem, mas isso quando tem a dita cuja na loja ou ainda, se tiver a loja na sua cidade, né?

Enfim, então vamos começar:

1 – Verifique a composição das roupas
Veja na descrição se o tecido é 100% algodão, se tem poliéster, se é linho, viscose… Eu já sei que não gosto muito de roupas com poliéster, então evito essas peças. Sei também que tecidos naturais, como linho e algodão, amassam mais – mesmo assim, prefiro esses tecidos – isso já é gosto pessoal, tá? Compare com a composição das peças que você tem em casa para perceber quais são as que você mais curte, que ficam confortáveis, não pinicam etc.

2- Compre de lojas/marcas que você já conhece
Quando você já compra de uma loja física que você gosta e conhece os tamanhos, fica muito mais fácil comprar online. Não tem muito erro porque você sabe o que funciona ou não pra você, sabe a modelagem das peças e o tamanho não varia muito. Outra dica é ir à loja física (se tiver onde você mora) e experimentar o tamanho, às vezes o mesmo item sai mais em conta pela internet.

3 – Comprar dois tamanhos e devolver um
Não é a mais prática das coisas, mas se você tem medo que o estoque acabe e não quer correr o risco, é uma alternativa. Já fiz algumas vezes, tem o incômodo de ter ir devolver nos correios e esperar o estorno, mas se você quiser muito aquela peça, vale a pena.

4- Conhecer suas medidas e comparar com os tamanhos descritos no site
Muitas vezes o tamanho P de uma marca é tão pequeno que é preciso comprar o M para servir. Eu tento comprar os itens que informam as medidas das peças na descrição (comprimento, largura, busto…). Isso geralmente dá certo!

Ah, e se não deu certo, fique de olho no prazo da devolução e no estorno do frete, pois a loja tem que restituir, viu? Então, quando o frete é grátis, é melhor ainda, uma preocupação a menos!

Comprar na internet é realmente muito bom, tem suas vantagens, eu acho até que acerto mais minhas escolhas quando compro online – não tem pressão de tempo (que horas a loja abre ou fecha), não tem vendedores, posso pensar com calma se é aquilo mesmo que quero, posso devolver se não gostei (já fiz compras erradas em lojas físicas, e aí não tem jeito, tive que ficar com a peça)… E não tem aquela coisa de comprar por impulso, tipo: gostei, tá em promoção, vou levar – a peça vai demorar pra chegar mesmo, então eu acabo tendo muito mais consciência das coisas que preciso.

E vocês, gostam de comprar pela internet ou preferem sair para as compras? Tem mais alguma dica pra compartilhar? Posta nos comentários que eu quero saber 🙂

Minhas lojas online favoritas

Uma leitora me sugeriu escrever um post sobre as lojas na internet que mais gosto (obrigada Dani!) e resolvi atualizar esse post com elas pra vocês conferirem:

1. Hering
As coisas que mais gosto de comprar na Hering são blusinhas básicas e vestidos. Também já comprei esse sutiã de lá, e depois dele não quero mais saber de outro – sério, é muito confortável! As calças de lá raramente dão certo pra mim 🙁 Outra coisa que gosto da Hering é que o frete é baixo pra minha cidade (Bauru/SP) – geralmente dá menos de R$ 5,00, e acho que acima de R$100,00 o frete é grátis.

2. Dafiti
Eu gosto da Dafiti porque tem muitas opções de marcas e o que mais compro lá são sapatilhas (geralmente Moleca, Vizzano, Anacapri). Já comprei também blusas e vestidos, mas faz um tempinho que não compro roupas lá, é mais sapato mesmo.

3. Privalia
Gosto de comprar pela Privalia as calças jeans da Levi’s (o modelo com melhor caimento pra mim é o 712 slim), e nessa loja o preço super compensa, é praticamente metade do valor. Foi nessa loja que fiz o teste de comprar 2 tamanhos pra ver qual servia. Mas tem que esperar a marca entrar em promoção e ficar de olho. Como agora tem loja online da Levi’s vou ficar tentada a comprar as calças lá haha Ainda bem que calça jeans dura bastante!

4. Basico.com
Nunca comprei roupas pra mim nessa loja, mas gosto do conceito dela – básicos com qualidade. Muitas das peças são de algodão Pima e tem um valor mais alto – não dá pra comprar tudo de lá, mas as peças que mais gostei da loja são os vestidos tipo camiseta e a camisa clássica branca. Quem sabe um dia, né? Acho que deve valer o investimento!

5. Imaginarium
As bolsas dessa loja são lindas, as 3 bolsas que tenho são de lá. O atendimento é amor (um zíper de uma bolsa minha quebrou e eles trocaram pra mim, mesmo tendo comprado a bolsa há uns dois anos!). Estou esperando eles lançarem uma bolsa preta lisa de tamanho médio, que não seja de poliuretano. Prefiro as bolsas de tecido, duram bem mais, as de poliuretano começam a se desfazer com o tempo, já repararam?

Desculpem pelo textão, queria fazer um post detalhado pra vocês das lojas que mais gosto e o que compro nelas! Até calça jeans, que era uma coisa que só comprava em loja física, agora que sei a marca e tamanho que funcionam, acho que vou passar a comprar pela internet também!

É isso, gente, vocês tem mais alguma loja bacana pra indicar? Adoro conhecer lojas novas 🙂

Beijos!

Imagem: Pixabay

guia para comprar melhor

Você já teve a sensação de estar gastando muito mais do que precisa comprando roupas? Eu não sei, mas parece que compro cada vez mais, acumulo cada vez mais e acabo nem usando tudo que tenho! Muitas coisas podem ajudar a gente a comprar demais, como querer a peça do momento, achar que não temos roupa, um evento e até mesmo essa maravilha da internet, que é uma loucura! Já me peguei várias vezes indo de um lugar pra outro e acabando num site de compras vendo alguma coisa que não estou precisando.
Pra tentar ajudar nesse problema, fiz um resuminho de algumas coisas que podemos considerar antes de sair comprando loucamente:
note-1
1 – Essa peça combina comigo?
Pense bem se você não está comprando porque viu em algum lugar e está na moda, ou se realmente gosta da roupa. Tipo aquele sapato de salto lindo que você viu na vitrine mas você só usa sapatilha. Será que vale a pena gastar dinheiro nessa peça e não em outra que você vai usar mais?
2 – Invista melhor o seu dinheiro
Muitas vezes não resistimos a tentação da promoção e saímos com alguma coisa, certo? Mas ao invés de comprar uma peça de liquidação que não precisamos, melhor guardar para uma peça que pode ser até um pouco mais cara, mas vale a pena ter no armário! E mais, também me questiono quando vejo as pessoas comprando da China por preços absurdamente baratos, porque alguém deve estar pagando o preço por nós, não acham?
3 – Não se preocupe com marcas
Ainda tem muita gente que acha que marca é tudo, mas não tem nada a ver. Já vi pessoas vestidas inteiras de grife e muito mal vestidas! Não é a marca que faz a gente ser quem é, nosso estilo não depende disso!
4 – Vou querer usar por muito tempo?
Qualidade é sempre melhor que quantidade, certo? Se a peça for clássica, confortável, combinar com você, tiver um bom caimento e for de boa qualidade (tecido bom, de fácil manutenção…) você vai poder e vai querer usar por muito tempo! Não é só modinha ou empolgação, né?
5 – Posso pagar por isso?
É sempre bacana perceber se a gente pode ou não pagar alguma coisa e se não puder, não entrar em enrascada pra pagar. É melhor esperar e guardar o dindin pra investir depois!
6 – Faça uma limpeza no armário
Sempre quando compro algo novo, alguma coisa tem que sair do meu guarda-roupa (mal de apartamento! rs) Mas tente fazer esse exercício de tempos em tempos, por exemplo, a cada seis meses. Vai abrir espaço pra coisas novas entrarem, e você vai ver que realmente não precisa de tudo que tem!
7 – Preciso mesmo disso?
Também é legal nos perguntar se estamos comprando por impulso ou realmente estamos precisando. Ou ainda se já temos algo parecido no nosso guarda-roupa. Se ainda ficar em dúvida, dê um tempinho e volte depois pra ter certeza que realmente foi amor e levar a peça sem culpa! 😉
Beijo!